tratar a dor de dente

→ 4 motivos para tratar a dor de dente o mais breve possível

→ 4 motivos para tratar a dor de dente o mais breve possível
5 (100%) 70 votes

Um comportamento comum entre os clientes é resolver apenas aquele problema, ou seja, aquele dente que estava doendo, machucando ou com algum comprometimento estético (quebrou o dente da frente, por exemplo).  Infelizmente, terminam por tratar a dor de dente em outro momento, o que não termina sendo uma boa decisão.

Os motivos são diversos para não cuidar da dor de dente: financeiro, tempo, prioridade, etc. O único ponto que concordo com o adiamento dos demais problemas é o financeiro. Os demais, é negligência com você mesmo, ou seja, com sua própria saúde bucal

Vejo isso com frequência no meu consultório. A dor de dente que era antes um “probleminha” virou um problema de maior complexidade na resolução. E isso não é bom para ninguém. 

Veja o que acontece geralmente quando você adia o tratamento dos problemas bucais, incluindo a dor de dente:

  • Um dente que antes era uma simples cárie, ou seja, uma restauração comum, pode evoluir para um tratamento de canal, que quase sempre está associado à dor de dente aguda;
  • Utilizando o exemplo acima, quando se compara o valor de uma restauração de dente simples e um tratamento de canal, há um aumento de pelo menos 3x mais no valor de uma restauração comum, ou seja financeiramente você perde quando protela o tratamento da dor de dente;
  • Dependendo da evolução do problema bucal, sua vida pessoal pode ficar comprometida. Por exemplo, uma gengivite não tratada por evoluir para um quadro com grande repercussão social e psicológica: o mau hálito (halitose). Do outro lado, a dor de dente pode ser tão insuportável que afeta o desempenho da função do indivíduo no trabalho;
  • Não pense que problemas de saúde bucal ficam limitados somente à boca e regiões vizinhas. Por exemplo, existe uma correlação entre doença periodontal e o parto prematuro. As bactérias podem ser responsáveis por problemas cardíacos, decorrente da migração destas às válvulas cardíacas, provocando uma condição chamada de endocardite bacteriana, que , se não tratada, pode levar à óbito.

Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.


Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
error: Proibida a cópia sem autorização