anestesia dentária

→ Problemas que podem ocorrer após a anestesia dentária

→ Problemas que podem ocorrer após a anestesia dentária
5 (100%) 1642 votes
Diante de muitas dúvidas sobre este assunto em particular, resolvi fazer um post sobre os efeitos ou situações adversas da anestesia dentária. Discutiremos os efeitos colaterais mais “comuns”, deixando vocês bem orientados sobre o assunto!
 
anestesia dentária
 
A anestesia dentária ou anestesia odontológica consiste no bloqueio reversível da condução do estímulo nervoso, com o intuito de promover perda temporária de qualquer sensibilidade na região submetida à técnica anestésica.
 
Os anestésicos locais , como o nome já diz, são utilizados em determinada região, onde somente aquela área apresentará ausência de sensibilidade.
Geralmente, o anestésico é composto de um sal anestésico e de um agente vasoconstrictor, podendo variar de acordo com cada tipo de anestésico. 
 
Alguns anestésicos locais não possuem vasoconstrictores, sendo seu uso reservado para clientes portadores de patologias que inviabilizem seu uso (ex. diabetes). O não uso do vaso constrictor faz com que a duração anestésica seja menor!
  
Porém, no decorrer da anestesia dentária, podemos nos deparar com situações inerentes ou não a ela, como por exemplo, os efeitos adversos do anestésico local ou associados ao cliente.

Abaixo, citarei algumas  situações que já me deparei após a anestesia dentária e que constam na literatura:


 
  • Lipotímia: é um mal estar que precede o desmaio. Embora geralmente esteja ligada mais ao stress do cliente, é a condição clínica que mais ocorre após a anestesia odontológica. Os sintomas mais comuns são taquicardia, queda de pressão, palidez, tonturas e alteração na visão. Tudo isso dá a impressão de desmaio, que termina ocorrendo caso não haja uma intervenção. É importante salientar que estes efeitos podem aparecer isolados também;
  • Interação com outras drogas: a anestesia dentária pode interagir com outras medicações, trazendo malefícios à saúde. Por isso, é sempre importante avisar ao dentista se está sob uso de alguma medicação;
  • Alergia ao anestésico dentário: muito raro na Odontologia e, particularmente nunca tive sequer um caso. O cliente pode ter uma reação alérgica ao sal anestésico ou a outros componentes do composto, como os sulfitos ou o parabeno. As reações incluem urticária, falta de ar, edema facial, dentre outros efeitos;
  • Tonturas;
  • Dificuldades de movimentos faciais na região anestesiada;
  • Aceleração dos batimentos cardíacos ou arritmias;
  • Visão embaçada.

Outros problemas que podem ocorrer após a anestesia dentária, porém são bastante incomuns

  • Incapacidade ou dificuldade de piscar o olho;
  • Hematoma pós anestesia dentária, que pode ocorrer quando a agulha atinja algum vaso sanguíneo, causando rompimento, deixando o rosto inchado e roxo;
  • Parestesia pós anestesia dentária, que nada mais é do que uma lesão ao nervo anestesiado, provocando uma perda da sensibilidade, que pode durar poucos dias ou meses;

 


A maioria das situações adversas durante o procedimento de anestesia odontológica local se dá pelo momento pré anestesia dentária.

O medo que o cliente tem do dentista se resume, na maioria esmagadora dos casos, à anestesia dentária e à broca do dentista (alguns relatam o som que ela produz).

Logo, é necessário um preparo prévio do cliente antes de realizar o procedimento, visando única e exclusivamente deixá-lo mais relaxado e tranquilo, diminuindo assim, o stress e a ansiedade.

→ Leia também: Anestesia Odontológica: tudo o que você precisa saber

 

Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.

 
 

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Comment on "→ Problemas que podem ocorrer após a anestesia dentária"

  1. Anônimo

    Boa Noite tenho muito medo de dentista que chega a ser quase pânico a três anos atrás tratei alguns dentes no qual um tive que tomar anestésico lidosterin 3% com vasocontrictor e tive alteração nos batimentos e falta de ar depois de uns 40 minutos e depois no outro dia não sei dizer se foi por medo da reação da primeira medicação passei mal novamente mais dessa com mãos e pés gelados e tremedeira e batimentos acelerados mais sem falta de ar como no primeiro xylestesin 2% sem vaconstrictor agora estou com esse mesmo dente infeccionado e os dentistas não querem mexer no dente, sou muito alérgica a medicamentos e os dentistas se recusam a me atender sem fazer testes como eu faço agora? Estou tomando antibiótico de novo e fazia apenas quinze dias que havia tomado estou com medo do que possa vir acontecer por não poder cuidar por favor me de uma luz me ajuda!!

  2. Wilson Correia Júnior

    Prezada,

    Reações alérgicas a anestésicos locais são extremamente raras. Geralmente, se tem alergia conservantes do anestésico, como por exemplo o parabeno.

    Um teste alérgico pode resolver este problema, juntamente com o parecer um alergologista. Caso seja detectada alguma alergia, há protocolos medicamentosos que você pode fazer uso.

    Converse com seu médico sobre o assunto.

  3. Anônimo

    Boa tarde. Gostaria de saber se é comum o dentista dar a anestesia de um lado e a anestesia pegar no lado oposto! Isso aconteceu comigo. Fiquei muito assustada! Gostaria da sua opinião! Obrigada!

  4. Wilson Correia Júnior

    Prezada,

    Não é algo comum. O que pode ter ocorrido foi o escorrimento do líquido anestésico na sua boca, dando uma leve sensação de dormência.

  5. Paloma Anjos

    Boa noite, Doutor!
    Ha uns 2 anos atrás fui ao dentista fazer um procedimento de canal, logo que ela aplicou a anestesia local eu senti uma dor de cabeça muito forte a ponto de me contorcer toda na cedeira, o coração acelerado e fiquei muito trêmula. A dentista me encaminhou a um cardiologista que, nas palavras dele, me informou que o problema foi uma alergia ao vasoconstrictor, que seria a adrenalina, mas que não era nada grave. Voltei à dentista com a resposta do cardiologista, mas ela se negou me atender, pois disse que o que aconteceu comigo foi muito grave e que não iria se responsabilizar. Desde então não voltei mais a destista nenhum, pois fiquei com muito medo de algo pior acontecer. O senhor me indicaria buscar algum outro especialista?

    • drwilsonco

      Prezada,

      Com um parecer cardiológico e alergológico(para identificar uma possível alergia aos componentes do anestésico), nada justifica não ser atendida!

      Aconselho procurar um dentista para te pedir tais pareceres! =)

  6. Leticia de Jesus

    Boa tarde. Realizei um procedimento Odontológico no qual a anestesia é aplicada na na parte superior da boca até parece que a agulha está entrando no Nariz. A questão é que depois do procedimento fiquei sem conseguir respirar do lado anestesiado e poucas horas depois fiquei com Muita Tontura.Fui na emergência fui medicada e continuei com tontura por 3 dias. Pode ter sido uma reação alergica a anestesia?

    • drwilsonco

      Prezada,

      Não me parece ter sido um caso de alergia, e sim de efeitos colaterais que podem ocorrer pela anestesia odontológica!

      Já apresentou melhoras?

  7. Wéllyda

    Olá, doutor!
    Essa tarde fui no dentista para tratar uma cárie e foi necessária a utilização de anestesia. Quando passou o efeito comecei a sentir o lado em que foi aplicada essa anestesia bem dolorido, tanto que não consigo nem abrir muito a boca ou sorrir. Isso é normal?

    • drwilsonco

      Prezada,

      Infelizmente, alguns traumas nos tecidos próximos à região anestesiada podem ocorrer. Porém, se a dor persistir, aconselho voltar ao dentista!

  8. Vanderson anjos

    Bom dia, passei por um procedimento onde tive que levar anestesia, mas quando foi aplicado a mesma senti uma fiscaga que doeu muito e agora se passado 2 semanas quando vou abrir a boca doe demais na parte do maxilar o que devo fazer? Qual remedio devo tomar pra dor?? Desde ja agradeco a atencao

    • drwilsonco

      Prezado,

      Pode ter ocorrido algum trauma nos músculos ou de ligamentos da região. Porém, seria interessante voltar ao dentista para identificar o que está causando a dor, até para passar as medicações corretas!

  9. Renata Jie

    B dia!
    Há 4 dias tentei tirar um siso parcialmente coberto e visivelmente saudável. A Dra aplicou muito anestésico e a sensação era que só o siso não anestesiava, não podendo continuar o procedimento devido a dor. No dia seguinte apareci com o rosto inchado e a dra receitou amoxicilina. Continua inchado e doendo, é normal? Ela pode tentar novamente em 7 dias?
    Desde já agradeço!

    • drwilsonco

      Prezada,

      Pode ocorrer sim, embora não seja comum. E é normal a região ficar um pouco inchada e dolorida. Este quadro durará alguns dias e, logo após,a cirurgia poderá ser feita, cujo prazo vai variar entre 7 a 15 dias.

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
error: Proibida a cópia sem autorização