dente infeccionado

→ Dente infeccionado: CAUSAS | TRATAMENTO | ANTIBIÓTICOS

Os problemas de saúde bucal envolvem desde leves sangramentos, como ocorre no estágio inicial da gengivite (gengiva inflamada) até a formação a abscessos dentários. Este último, em geral, ocorre em um dente infeccionado.

Na maior parte dos casos, o dente infeccionado chegou neste ponto porque houve negligência por parte do paciente em procurar o dentista no começo do problema. Na maior parte dos casos, é possível salvar um dente infeccionado. Vamos entender mais sobre o assunto.

O QUE É UM DENTE INFECCIONADO?

Quando uma cárie no dente não é tratada, ela evolui e alcança o canal do dente. Neste momento, em geral, o paciente sofre com dor de dente, cuja intensidade da dor varia de pessoa para pessoa, porém, a intensidade da dor de dente está entre moderada e forte.

O paciente procura o dentista para resolver o problema, mas termina fazendo, na maioria dos casos, apenas o atendimento de urgência odontológica, que tem por objetivo acabar com a dor de dente naquele momento.

Por mais que o dentista recomende que o paciente volte para fazer o tratamento de canal do dente, muitas vezes ele literalmente desaparece. Afinal de contas, a dor de dente acabou.

Contudo, o dentista fez no paciente um tratamento odontológico de urgência, que visa eliminar a dor por alguns dias ou semanas. Ou seja, ele atuou no sintoma (dor de dente) e não na causa (tratamento de canal). Em outras palavras: a dor de dente voltará.

Porém, em alguns pacientes, a dor de dente não volta tão intensa e ele vai se virando tomando analgésicos e antiinflamatórios. Porém, se não foi feito tratamento de canal, ainda há bactérias no dente.

E estas bactérias podem evoluir dentro no canal, deixando o dente infeccionado, causando não somente dor no local do dente como também um mal estar geral, que inclui febre, moleza no corpo e a presença de um abscesso dentário.

DENTE INFECCIONADO CAUSAS

Como mencionei, a maior parte das causas do dente infeccionado incluem bactérias no interior do canal do dente. Veja abaixo quais são as causas mais comuns para a infecção no dente:

  • Cárie dentária (disparado na primeira posição);
  • Tratamento de canal do dente não concluído (o dente ainda está com o curativo);
  • Problemas na gengiva (periodontite);
  • Formação de infecções durante o nascimento dos dentes, como é o caso da pericoronarite, processo inflamatório e infeccioso que ocorre no nascimento do dente siso;
  • Dentes quebrados;
  • Dentes podres ou dentes estragados;
  • Coroas mal adaptadas;
  • Restos de raízes deixados no paciente após uma extração de dente.

DENTE INFECCIONADO SINTOMAS

Na maioria dos casos, encontramos estes sinais e sintomas em um dente infeccionado:

  • Dor de dente latejante moderada a intensa que não cede com analgésicos e antiinflamatórios comuns;
  • Inchaço no local do dente infeccionado;
  • Febre;
  • Moleza no corpo;
  • Sangramento na região (gengiva inflamada que sangra);
  • Sensação de “dente crescido”;
  • Dificuldade de mastigar em cima do dente;
  • Dificuldade de abrir a boca;
  • Mau hálito;
  • Presença de pus (ou não) na região do dente que está com infecção.

DENTE INFECCIONADO CAUSA ABSCESSO DENTÁRIO?

No dente que está com a infecção, existe um aumento constante do número de bactérias, que pode causar a formação de um abscesso dentário, como mostra a foto abaixo.

abscesso dentário dente infeccionado

DENTE INFECCIONADO PODE MATAR?

Embora seja algo pouco comum, quando não tratado, as bactérias do abscesso dentário no dente infeccionado poderão ir para áreas nobres da região da cabeça e pescoço, causando problemas como a celulite facial (foto abaixo) que pode matar o paciente em horas.

celulite dente infeccionado

DENTE INFECCIONADO PODE SER EXTRAÍDO?

Em hipótese alguma deve-se fazer a extração de um dente infeccionado sem antes tratar a infecção. Além do risco da anestesia do dentista não pegar (o que causaria MUITA dor no paciente na hora de extrair o dente), ainda há o risco alto de desenvolver uma infecção.

DENTE INFECCIONADO CAUSA MAU HÁLITO?

Diante de toda a condição de contaminação que existe naquele dente e na região próxima, um dente com infecção pode sim causar mau hálito porque há um aumento considerável do número de bactérias que liberam gases com odor ruim.

ANTIBIÓTICO PARA DENTE INFECCIONADO 

Há diversos antibióticos que podem ser usados para o tratamento de um dente infeccionado. Em geral, usa-se antibióticos da classe das penicilinas (amoxicilina) que podem ou não ter um inibidor da penicilinase (enzima presente na infecção que inativa o efeito da penicilina). 

Medicações como antiinflamatórios e analgésicos podem ser utilizados para aliviar a dor  e a inflamação no dente.

O tempo de uso do antibiótico varia entre 7 a 10 dias, dependendo do nível da infecção no dente. Deixo claro que qualquer remédio para dente infeccionado deverá ser prescrito pelo dentista, que avaliará o caso e receitará o remédio correto para o tratamento. Não vá se medicar por conta própria.

REMÉDIO CASEIRO PARA DENTE INFECCIONADO 

Apesar de serem utilizados para dor de dente inflamado, remédios caseiros surtirão pouco efeito para combater a infecção do dente, porém podem aliviar a dor no local:

  • Colocar gelo por no rosto e fazer bochechos com água morna: no caso do dente infeccionado, a ideia é fazer com que o abscesso dentário estoure dentro da boca e não fora dela, o que deixaria uma cicatriz no rosto do paciente;
  • Escove os dentes e uso o fio dental bucal de forma delicada. Não higienizar a boca só vai piorar o problema;
  • Chá de Macela e própolis: propriedades analgésicas e anti-inflamatórias.
  • Fazer bochechos leves com chá de cravo da índia que possui propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, podendo aliviar a dor do dente infeccionado;
    Fazer bochechos leves com chá de alho: da mesma forma que o cravo da índia, o chá de alho tenderá a aliviar a dor de dente.

DENTE INFECCIONADO TRATAMENTO

No primeiro momento, o tratamento feito pelo dentista consistirá no alívio dos sintomas e combate à infecção causada, que é feito com o uso de remédios, como antibióticos e antiinflamatórios.

Se for possível, o dentista poderá abrir o dente com infecção e já iniciar a limpeza do canal, incluindo colocação de um medicamento para combater a infecção. No caso da presença de abscesso dentário, a tendência é que ele diminua e drene pelo canal do dente mesmo ou estoure dentro da boca.

Porém, quando o abscesso dentário apresenta um ponto de flutuação, que é uma região na qual é possível fazer um pequeno corte superficial (sob anestesia que, neste caso, como é bem superficial, a anestesia funcionará) e drenar todo o pus que está o abscesso dentário.

Isso é excelente porque remove-se todo o conteúdo de pus (que está cheio de bactérias) e já deixa-se um dreno no local para que, com o efeito do antibiótico, o restante do pus seja drenado.

DENTE INFECCIONADO COMO PREVENIR

Levando-se em conta que a maioria esmagadora dos casos de dentes infeccionados ocorre por contaminação pela cárie ou problemas na gengiva, a melhor forma de prevenir é escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia e usar o fio dental bucal.

Associado a isso, visitas periódicas ao dentista ajudam na prevenção de problemas e na interceptação de problemas de saúde bucal no início, sendo feito assim um tratamento odontológico mais conservador e indolor!


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
Dr. Wilson Correia
error: Proibida a cópia sem autorização