→ Como tratar a Saburra Lingual e combater o mau hálito

Tratar a saburra lingual, de fato, é um dos principais passos para combater ou até mesmo eliminar o mau hálito. Há muitos mitos sobre o tratamento da saburra lingual, que acomete 80% dos casos de pacientes com mau hálito, segundo pesquisas.

A halitose, mais conhecida como mau hálito, consiste em um problema que afeta 40% da população brasileira. Não deve ser considerado uma doença, uma vez que o mau hálito é um sintoma de que algo está errado no organismo.

A saburra lingual, também conhecida como língua saburrosa, língua esbranquiçada ou língua branca, consiste no acúmulo de resíduos alimentares, bactérias e células originadas da descamação dos tecidos orais. É considerada uma das principais causas do mau hálito.

Em geral, a saburra lingual se localiza no dorso (parte posterior) da língua. O metabolismo bacteriano que ocorre nesta região dá origem aos gases CSV (compostos sulfurados voláteis) responsáveis pelo mau hálito.

Por que este problema deixa a língua branca? 

A “mudança de cor” da língua é causada pelo acúmulo de resíduos alimentares associado à diminuição do fluxo salivar e uma descamação anormal dos tecidos orais.

Neste momento, há uma proliferação bacteriana que, além da formação dos gases CVS, há a formação de uma camada branca na superfície da língua.

Há diversos fatores que provocam a alteração do fluxo salivar, como por exemplo:

  • Pouca ingestão de água;
  • Determinados medicamentos;
  • Remoção das glândulas salivares;
  • Tratamentos com radioterapia.

Outras situações que causam a formação da saburra lingual, deixando a língua branca e contribuindo para a formação do mau hálito

Há situações que podem contribuir para a alteração negativa do fluxo salivar e o aumento da descamação dos tecidos orais, contribuindo para a formação da língua branca:

  • Uso de aparelhos dentários ortodônticos;
  • Hábitos como morder canetas, lábios e bochechas;
  • Ronco;
  • Respiração bucal;
  • Uso de enxaguantes bucais com álcool;
  • Problemas no sistema digestivo;
  • Refluxo gastroesofágico;
  • Doenças sistêmicas (Diabetes Mellitus).

Identificada a existência, agora é hora de tratar a saburra lingual e combater o mau hálito. Há artifícios que podem e DEVEM ser usados para tratar a saburra lingual e recuperar o aspecto róseo da língua.

Higiene da língua a partir do uso do limpador de língua

O primeiro passo para tratar a saburra lingual é a remoção mecânica através do limpador de língua, que nada mais é do que um dispositivo que permite a limpeza da língua (foto abaixo).

→ Como tratar a Saburra Lingual e combater o mau hálito

É importante também, caso haja este problema, identificar outros aspectos que contribuem para algum agente que influencia diretamente na formação da saburra lingual, como medicações que diminuem o fluxo de saliva na boca. Ela pode ser utilizada para amolecer a saburra lingual, porém é importante utilizar o limpador de língua também.

Algumas escovas dentais possuem, na parte posterior da cabeça, um limpador de língua, que também pode ser utilizado para tratar a saburra lingual, contudo, sabendo que, pelo fato do tamanho do limpador de língua ser menor, é necessária uma limpeza mais demorada.

Não é aconselhado limpar a língua com a escova de dentes porque ela nem tem o formato ideal como tende a causar mais ânsia de vômito no indivíduo. Lembre que, na hora de limpar a língua, deve-se escovar delicadamente para evitar agressões aos tecidos. A ideia não é limpar até sangrar.

Doenças associadas à saburra lingual

A língua possui, na sua superfície, pequenas entradas chamadas sulcos (foto abaixo), que alojam uma quantidade enorme de bactérias. 

tratar a saburra lingual

Estas bactérias podem causar problemas que vão muito mais além do que apenas a formação do mau hálito:

  • Problemas no coração;
  • Problemas estomacais;
  • Problemas respiratórios (como pneumonia);
  • Partos prematuros;
  • Problemas de saúde bucal (ex.: gengivite).

Na internet, é possível encontrar diversas “receitas caseiras” para tratar a saburra lingual. De fato, há chás ou ervas que podem contribuir para o combate da saburra lingual, contudo, nunca de forma isolada, pois não há comprovações científicas do sucesso.

É importante utilizar métodos comprados cientificamente e no dia a dia do profissional de saúde para conseguir êxito no tratamento da língua branca e no mau hálito

Share:

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
error: Proibida a cópia sem autorização