dor de dente como aliviar

→ Dor de dente: Causas | Como aliviar | Prevenção

Dor de dente: uma dor que ninguém quer ter

A dor de dente é faz parte dos problemas de saúde bucal mais frequentes. Em geral, esta dor é causada quando o nervo do dente ou quando os tecidos ao redor do dente estão inflamados.

Nem sempre um dente inflamado tem como causa problemas no nervo, como muitos pacientes pensam.

Infecção no dente (podendo ter a presença de um abscesso), cárie no dente, lesões e traumas são as causas mais freqüentes da dor de dente.

O desconforto dentário também pode ocorrer após uma extração de dente. Além disso, pode ocorrer do paciente achar que um determinado dente está doendo, quando na realidade a dor vem de outro dente e está sendo refletidas em outros.

Problemas na a articulação mandibular (articulação temporomandibular ou ATM), desconforto no ouvido, seios paranasais, podem causar dor de dente reflexas, isto é, estas áreas possuem algum problema e refletem as dores nos dentes.

Isso é bem comum quando o paciente tem crises de sinusite e as raízes dos dentes superiores apresentam proximidades com o seio maxilar que está inflamado.

As bactérias que crescem em sua boca podem resultar em gengiva inflamada (gengivite) e cárie dentária, porque ambas podem causar dor dente. 

Dor de dente Causas – entendendo o processo

A dor de dente , em geral, é causada por uma  inflamação na parte central e interna do dente conhecida como polpa dentária ou nervo do dente.

A polpa dentária contém terminações nervosas que são muito sensíveis ao desconforto. A Inflamação da polpa do dente (conhecida por pulpite) pode resultar de cáries dentárias, traumas e infecções, deixando o dente inflamado. 

Dor de dente sinais e sintomas

Há diversos sinais e sintomas que indicam o início da dor de dente e a necessidade de procurar o dentista, cuja intensidade da dor de dente varia desde um desconforto ao beber água gelada até a impossibilidade de não conseguir mastigar em cima do dente.

Veja abaixo alguns sintomas da dor de dente:

  • Desconforto com comer;
  • Sensibilidade a alimentos quentes ou frios;
  • Sangramento ou corrimento ao redor de um dente ou gengivas;
  • Inchaço em torno de um dente ou no rosto;
  • Lesões ou traumatismos da área do dente.

Esses sinais e sinais e sinais e sintomas acima podem estar associados à cárie dentária, fratura dentária ou gengiva inflamada (como gengivite ou doença periodontal).

A cárie dentária e a gengivite pode ser consideradas como a causa para a dor de dente. No caso de se tentar mastigar em um dente infectado, provavelmente haverá piora da dor. 

É importante diagnosticar a causa da dor de dente. Problemas de sinusite, desconforto no ouvido e garganta, ou possivelmente lesões na articulação temporomandibular (ATM) que articula a mandíbula ao crânio podem ser confundidos com desconforto dentário.

Você TEM que procurar o dentista para tratar a dor de dente quando:

  • A dor de dente não é aliviada por medicações (tomadas por conta própria);
  • Desconforto dentário associado à gengiva inflamada; 
  • Presença de dente inflamado;
  • Dificuldade de engolir ou abrir a boca por causa do dente inflamado;
  • Dente furado com dor persistente;
  • Dente quebrado;
  • Febre;
  • Presença de abscessos no dente: os abscessos dentários podem exigir antibióticos e abertura cirúrgica (drenagem) no abscesso. Neste caso, será necessário fazer o tratamento de canal do dente;
  • Dor na ATM que reflete nos dentes.

Como identificar a causa e tratar a dor de dente?

Somente o dentista está apto a dizer com precisão a causa daquela dor de dente. Através da consulta e de exames complementares, como radiografias ou tomografias. Exames de sangue também podem ser solicitados a fim de fechar o diagnóstico.

O tratamento varia conforme cada caso porém, em geral, o tratamento consiste na remoção da cárie no dente e posterior obturação ou tratamento de canal do dente, quando a polpa está inflamada. 

É possível tratar a dor de dente em casa?

Muitas vezes, o paciente protela aquela dor de dente por não incomodar muito. Porém, quando a dor aumenta, nem sempre ele pode ir ao dentista naquele momento.

É possível, para aliviar dor de dente naquele momento, fazer uso de algumas dicas e remédios caseiros para tentar aliviar aquele sofrimento:

  • Fazer a higiene bucal e usar o fio dental (em alguns casos, a dor de dente acontece porque há algum pedaço de comida entre os dentes);
  • Cravo da índia;
  • Dente de alho;
  • Bochechos com água gelada ou simplesmente colocar gelo no dente.

Remédio de farmácia para dor de dente

Algumas medicações ajudam a tratar ou aliviar dor de dente. Veja abaixo alguns tipos de remédio de para dor de dente

  • Paracetamol;
  • Dipirona;
  • Anestésicos tópicos;
  • Diclofenaco sódico e potássico;
  • Ibuprofeno;
  • Nimesulida;
  • Cetoprofeno.

Porém, é extremamente recomendado que se faça uso de medicações acima apenas receitadas pelo dentista (como tomar e por quanto tempo tomar).

Como prevenir a dor de dente

Não há muito o que se fazer para prevenir a dor de dente. O primeiro e mais importante passo é ter uma excelente higiene bucal, que inclu:

  • Escovar os dentes pelo menos 3 vezes por dia;
  • Usar o fio dental bucal pelo menos 2x ao dia;
  • Limpar a língua pelo menos 1x por dia.

Manter dieta equilibrada e saudável também é importante para evitar problemas que causam dor de dente. As bactérias da boca se alimentam de açúcar refinado e o amido.

Quando há estes alimentos com grande frequência (comer várias vezes) e com uma higiene bucal ruim, haverá produção de ácidos que destroem o esmalte do dente, provocando a cárie no dente.

Sempre use pastas de dente com flúor. O flúor é eficaz em parar e evitar a cárie dentária em crianças. O flúor pode ser um elemento natural e está disponível em muitos suprimentos de água e vegetais.

E não se pode deixar de falar em saúde bucal e deixar de lado o dentista. Consultas periódicas  a cada seis meses fazem com que o o dentista previna o aparecimento de problemas e intervenha em problemas na fase inicial.

Você será capaz de evitar quase todos os problemas dentários pelo uso do fio dental, escovação dos dentes e limpeza da língua, e visitando o dentista duas vezes no ano. 


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
Dr. Wilson Correia
error: Proibida a cópia sem autorização