extração de dente

→ 6 complicações que podem ocorrer após uma extração de dente

Ultimamente, estou recebendo algumas dúvidas sobre complicações na extração de dente. Não somente na extração dos terceiros molares, mas em qualquer tipo de extração de dente.  
Para não restar mais dúvidas, explicarei aqui, de maneira objetiva, quais são as complicações e intercorrências mais comuns que podem ocorrer em um pós – operatório da extração de dente. 

Possíveis intercorrências pós – extração de dente

  • Dor no local: uma das intercorrências mais comuns pós extração de dente. É natural ocorrer dor no local da extração dentária e na região que foi anestesiada, uma vez que existe o trauma da agulha e a distensão dos tecidos orais com a entrada do anestésico. Na maioria das vezes, a dor é controlada com analgésicos comuns
  • Sangramento: Geralmente ocorre quando há negligência do cliente quanto às instruções pós operatórias, que inclui não fazer esforço físico (aumento da pressão sanguínea no local) e evitar alimentos quentes (dilatam os vasos, facilitando o sangramento). Outra situação que pode levar a isso é o rompimento dos pontos. Por isso é tão importante a sutura do local, justamente para evitar o sangramento e acelerar a cicatrização;
  • Inflamação e/ou infecção: situação incomum que pode ter causa ou não. Uma higiene bucal deficiente ou até mesmo um trauma na região operada pode ocasionar estes problemas;
  • Edema (inchaço): é comum ocorrer edema no local da cirurgia, sendo geralmente sensível  ao toque (se tocar, incomodará). Esse incômodo cessa geralmente entre 7 a 15 dias;
  • Trismo traumático: é a contração dos músculos mastigatórios que limitam, com graus variados, a abertura de boca do cliente. O tratamento consiste no uso de relaxantes musculares e, dependendo do caso até fisioterapia. Lembro que nem todo trismo é decorrente de cirurgias orais;
  • Alveolite: incomum de ocorrer, consiste na inflamação do alvéolo dentário (cavidade que aloja o dente, causando um incômodo bem considerável ao cliente. A literatura diverge bastante sobre a causa da alveolite (multifatorial), sendo a mais aceita a remoção do coágulo e a exposição do osso e dos terminações nervosas. O tratamento é sintomático, isto é, aliviar as dores do cliente e esperar que o quadro clínico melhore.

Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
error: Proibida a cópia sem autorização