gengivas sensíveis

→ Por que minhas gengivas são sensíveis? O que fazer para resolver?

Embora a escovação dos dentes e o uso do fio dental sejam hábitos cotidianos, ninguém está livre de ter gengivas sensíveis ou doloridas.

A sensibilidade ou dor na gengiva pode ser leve ou forte, cuja sensação de dor varia de uma pessoa para a outra.

Mas gengivas doloridas podem ser um sinal de um problema sério. É importante entender por que a sensibilidade ocorre, assim como os sintomas e tratamentos para a dor.

Gengivas sensíveis: o que pode ser?

Se você tem gengivas sensíveis, você pode sentir dor sempre que você escova os dentes ou usa o fio dental. A dor pode diminuir gradualmente ou permanecer. Às vezes, gengivas sensíveis são acompanhadas por:

  • Inchaço (gengiva inchada);
  • Vermelhidão;
  • Coceira na gengiva;
  • Gengiva solta;
  • Gengiva inflamada;
  • Sangramento (gengiva sangrando)
  • Mau hálito (a inflamação gengiva libera gases que causam um mau cheiro na boca)

Tenha em mente que há uma diferença entre sensibilidade dentária (dentes sensíveis) e sensibilidade à gengiva. Dependendo da localização da sua dor, você pode ter dificuldade em determinar se o problema vem de suas gengivas ou dentes.

Se você tem sensibilidade dentária, no entanto, você também pode ter dor de dente ao comer e beber alimentos frios ou quentes. As causas subjacentes da sensibilidade dentária podem incluir:

  • Cárie no dente;
  • Gengiva retraída;
  • Esmalte dentário desgastado.

Escovar os dentes e usar o fio dental com muita força às vezes pode causar sensibilidade à gengiva. Nesse caso, você poderá notar dor durante ou após cuidar dos dentes.

Outras vezes, a sensibilidade é devida a dentaduras ou aparelhos dentários. Este tipo de dor pode ser temporário. Pode resolver uma vez que a sua boca se adapte ao problema.

Mas estas não são as únicas causas possíveis de gengivas sensíveis. A questão subjacente pode ser outro problema ou condição, incluindo aqueles não relacionados à higiene bucal. Aqui estão algumas outras causas de sensibilidade à gengiva:

1. Doença da gengiva (gengivite ou periodontite)

A gengivite é uma inflamação nas gengivas. Ela afeta o tecido que mantém os dentes no lugar. Má higiene dental pode levar a doenças nas gengivas. Ocorre quando a placa bacteriana se acumula nos dentes. A placa é uma película adesiva contendo bactérias.

A gengivite é o primeiro estágio da doença gengival. Os sintomas incluem gengivas doloridas e inchadas que podem sangrar facilmente. Se não for tratada, esta condição pode avançar para a periodontite.

A periodontite ocorre quando a placa se espalha abaixo da linha da gengiva. Isso desencadeia uma forte resposta inflamatória no tecido que suporta os dentes e ossos. Em casos graves, pode resultar em perda de dentes se as gengivas se separarem dos dentes.

2. Deficiência de vitamina C (escorbuto)

O escorbuto é uma deficiência grave de vitamina C. Ocorre quando você não recebe vitamina C suficiente da sua dieta, ou quando seu corpo tem dificuldade em absorver a vitamina.

Os sintomas de uma deficiência incluem dores nas gengivas doloridas, inchadas e sangrentas. Você também pode sentir irritabilidade, fadiga, dor nas articulações e hematomas na pele.

3. Fumar

Fumar não só aumenta o risco de câncer de pulmão e derrame. O tabaco também pode danificar suas gengivas e levar a doenças das gengivas, provocando a sensibilidade da gengiva.

4. Diabetes

Diabetes descontrolado também pode afetar a saúde bucal porque muita glicose (açúcar) em sua saliva contribui para o crescimento da placa bacteriana e bactérias na boca. Se a placa bacteriana não for removida, a doença gengival pode se desenvolver.

5. Alterações hormonais

Alterações hormonais também podem resultar em gengivas sensíveis. Isso pode ocorrer durante a gravidez, a puberdade, a menstruação e a menopausa. Flutuações hormonais podem causar aumento do fluxo sanguíneo para as gengivas, tornando-as mais sensíveis e sensíveis.

6. Infecções orais

Aftas, úlceras na boca e infecções orais também podem irritar as gengivas, causando dor. Causas de aftas incluem:

As infecções orais podem incluir candidíase oral ou herpes. Os sintomas podem incluir lesões rasas ou brancas nas gengivas acompanhadas de dor.

7. Estresse

Muito estresse pode levar a um nível elevado de cortisol. Este é um hormônio do estresse. Um nível elevado de cortisol durante um período prolongado causa inflamação em diferentes partes do corpo, incluindo as gengivas.

O tratamento para gengivas sensíveis depende da causa subjacente. Às vezes, você pode tratar a sensibilidade em casa. Outras vezes, você precisará ver seu dentista.

Tratamentos caseiros para gengivas sensíveis

  • Melhore sua higiene dental: Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia e use fio dental pelo menos uma vez por dia. Se necessário, peça ao seu dentista para demonstrar as técnicas de limpeza adequadas. Seja gentil. Use uma escova de cerdas macias para evitar irritação das gengivas;
  • Obtenha quantidade suficiente de vitamina C: Aumente a ingestão de frutas e vegetais ou tome um multivitamínico. A quantidade diária recomendada de vitamina C para adultos é entre 65 e 90 miligramas (mg), até 2.000 mg por dia;
  • Beba mais água: Se você for incapaz de escovar depois de uma refeição, beba água para ajudar a lavar alimentos e bactérias de seus dentes e boca;
  • Parar de fumar: Se o fizer, irá curar as suas gengivas e parar a sensibilidade da gengiva. Se você não consegue parar, procure terapia de reposição de nicotina temporária ou confira aplicativos para ajudá-lo a sair;
  • Pratique o controle de estresse: Durma bastante, faça exercícios regularmente, aprenda a dizer não e não se comprometa demais.

Tratamentos prescritos pelo dentista

Consulte um dentista se a sensibilidade não melhorar ou piorar apesar de mudar seus hábitos. Isso pode ser um sinal de infecção ou doença na gengiva.

Se você tem doença gengival precoce ou avançada, você precisará de um procedimento odontológico de limpeza profunda para remover a placa bacteriana e o tártaro no dente para reverter a sensibilidade.

Às vezes, sensibilidade ou sangramento é um sinal de doença autoimune, leucemia ou distúrbio sangüíneo. Por isso, é importante identificar a causa.

Você precisará de exames adicionais se seu médico suspeitar de uma condição médica subjacente. 

Isso pode incluir exames de sangue e exames de imagem para verificar se há inflamação generalizada ou a possibilidade de células cancerígenas. 

Quando dentaduras ou próteses parciais colocadas recentemente causam dor na gengiva, seu dentista pode prescrever ou recomendar anestésicos sem receita médica contendo benzocaína tópica. 

Alguns anestésicos vendidos sem receita incluem:

  • Anbesol
  • Orajel
  • Chloraseptic
  • Xilocaína

Seu dentista também pode prescrever um medicamento antifúngico oral ou um antibiótico oral se você tiver aftas na boca ou uma infecção que afeta as gengivas.

Dor ou sensibilidade é tratável e reversível, mas você deve identificar o problema e consultar um dentista, se necessário. 

Não ignore a sensibilidade da gengiva que não melhora, mesmo que seja pequena. Tome medidas para melhorar sua saúde bucal e consulte seu dentista antes que a dor se agrave.


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.

Share:

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

faleconosco@wilsoncorreia.com.br
error: Proibida a cópia sem autorização