Higiene bucal

→ Higiene Bucal: cuide bem do seu sorriso!

→ Higiene Bucal: cuide bem do seu sorriso!
5 (100%) 124 votes

Sabe-se que a Higiene bucal é de fundamental importância para a manutenção da saúde bucal, pois esta é a melhor forma de prevenir cáries dentárias, gengivite, periodontite, mau hálito, dentre outros problemas relacionados.

Embora pareça um tema muito “batido”, no decorrer da minha experiência clínica, percebo que ainda há muitas dúvidas e mitos que cercam a higiene bucal. Pretendo abordar assuntos e dúvidas a respeito deste tema que, rotineiramente, fazem parte meu cotidiano.

A higiene bucal, como o nome já sugere, tem como objetivo promover a limpeza da cavidade bucal, favorecendo não a saúde dentária, mas também dos tecidos circunvizinhos. Quando há falta ou deficiência na Higiene bucal, ocorre a formação da placa bacteriana. Mas o que é a placa bacteriana? E que prejuízos esta placa pode trazer à saúde do indivíduo?

A placa bacteriana

A placa bacteriana é uma película que adere à superfície dental. Nela, há várias bactérias. No início de sua formação, ela apresenta a consistência macia, todavia, se não for removida de forma adequada, ela endurecerá e formará o tártaro (foto abaixo), que, ao contrário da placa bacteriana, apresenta uma consistência bastante endurecida, podendo ser removida apenas pelo Cirurgião-Dentista.

→ Higiene Bucal: cuide bem do seu sorriso!

Ao contrário do que se imagina, a placa bacteriana está presente em todos os indivíduos. Como a cavidade apresenta uma biodiversidade de bactérias muito grande, ocorre o aumento (proliferação) de bactérias que aderem à superfície dental.

A partir daí, estas bactérias presentes na placa utilizam como substrato os alimentos ingeridos na alimentação. Em particular, a sacarose.


NÃO ACHOU O QUE PROCURAVA? DEIXA COM A GENTE! DIGITE ABAIXO O QUE DESEJA QUE A GENTE ACHA PARA VOCÊ!


As bactérias presente na placa produzem ácidos que desmineralizam a superfície dentária. Dependendo do nível de perda mineral, pode-se formar uma cavidade na superfície do esmalte dentário, ou seja, um processo irreversível que necessita da intervenção do Dentista.

Durante o exame clínico, realizado pelo Dentista, este pode fazer uso do evidenciador de placa bacteriana (foto abaixo). Tal substância reage com a placa, dando cor a mesma, sendo muito utilizada para visualização pelo cliente, da placa bacteriana, mostrando ao mesmo que, quando em grandes quantidades, há necessidade de uma melhora na higienização dental.

 

→ Higiene Bucal: cuide bem do seu sorriso!

 

Este produto também serve para dar motivação ao paciente, uma vez que, se ele melhorar e mantiver a higiene adequada, haverá diminuição da placa bacteriana, logo, esta melhora poderá ser vista através do evidenciador de placa.

 

Evitando a placa bacteriana através da higiene bucal

Como a formação de placa bacteriana é um processo repetitivo, há necessidade de se manter uma adequada higiene bucal e de alguns cuidados:

• Escovação dentária adequada e frequente: Deve-se escovar os dentes sempre após as refeições e principalmente à noite, pois durante o sono, ocorre redução do fluxo salivar, ou seja, ocorre a diminuição da proteção dos dentes por parte da saliva;

→ Higiene Bucal: cuide bem do seu sorriso!

• Uso diário do fio dental, removendo a placa bacteriana que se acumula entre os dentes (região que, geralmente é inalcançável pela escova dental) e no sulco gengival.

• Moderação na ingestão de alimentos que contenham açúcar: Ao contrário do que se pensa, não é a quantidade de açúcar que se torna prejudicial, mas a frequência com que ele é consumido. Um intervalo de 3 horas deve ser mantido sempre entre as refeições, para que ocorra normalmente o processo de remineralização por parte da saliva;

• Ir ao dentista regularmente para avaliação e, se necessário, realização da limpeza dos dentes.

 

Escova dental. Qual utilizar para realizar a higiene bucal?

 

De antemão, digo que não adianta ter uma escova feita pela NASA se você não a utiliza!

De maneira geral, as escovas de cerdas macias e cabeça pequena são eficazes, pois conseguem higienizar os dentes sem causar muitos danos.

Escovas muito grandes para a cavidade bucal dificultam a higienização dos dentes posteriores (molares).

Embora não haja provas científicas de qual escova seja a melhor, existem diversas marcas de escovas no mercado, com suas peculiaridades e vantagens.

Todavia, não adianta somente ter a escova que tenha melhores vantagens. Acima de tudo, a melhor escova é aquela que é usada. O ideal é que ocorra a substituição da escova dental a cada 3 meses ou quando as cerdas da escova estiverem divergentes (abertas).

Não há necessidade de se colocar força durante a escovação, visto que, além de não provocar benefício adicional algum, ainda pode comprometer o tecido gengival, provocando recessão gengival por trauma de escovação.

Lembre que eficácia da escovação se dá pelo fricção da escova, sem a necessidade do uso de força excessiva.

As pastas dentais apresentam agentes abrasivos que facilitam a remoção da placa, embora provoquem reações de sensibilidade, visto que promove mais desgaste dentário.

Fio dental

Costumo escutar no consultório perguntas e justificativas do tipo:

“Por que minhas gengivas sangram quando uso fio dental?” “Não uso fio dental porque a gengiva sangra”

→ Higiene Bucal: cuide bem do seu sorriso!

De maneira geral, a gengiva sangra durante o uso do fio dental em situações como:

1- Uso pouco frequente ou inadequado do fio dental (maioria dos casos)
2- Gengivite;
3- Gengivas mais sensíveis.

Salvo em casos específicos, estes 3 fatores são os responsáveis pelo sangramento gengival. Isto não inviabiliza nem proíbe o uso do fio dental, muito pelo contrário. Se o sangramento for algo constante, procure se dentista e faça uma avaliação da saúde gengival.

Limpador de língua

O uso deste acessório é de extrema importância, pois ele remove a saburra lingual, camada que não é removida pela escova dental. Sabe-se que a saburra está envolvida em mais de 90% dos casos de Halitose (mau hálito).
Logo, existe a necessidade do uso limpador lingual, com movimentos de trás para frente, antes da escovação. Uma vez ao dia já é suficiente, mas prefere-se dar prioridade ao uso noturno.

→ Higiene Bucal: cuide bem do seu sorriso!
Pastas dentais

Da mesma maneira que as escovas dentais, diversas marcas de pastas ou cremes apresentam peculiaridades que prometem verdadeiros milagres, dente eles o fim da placa bacteriana. Os cremes dentais que apresentam na sua composição a concentração mínima de flúor já são bastante eficazes no controle da placa bacteriana.

→ Higiene Bucal: cuide bem do seu sorriso!

Colutórios ou enxaguantes bucais

O uso destas substâncias cresceu, segundo pesquisas, no Brasil mais de 2.000% de 1992 a 2007. Hoje em dia, há pesquisas que comprovam que o uso indiscriminado destas substâncias pode induzir câncer.

Embora ainda seja muito indicado por colegas da profissão, não á necessidade do uso diário deste produto, salvo casos que apresentem a real necessidade.

O uso deste produto indiscriminadamente faz com que as células não tenham tempo para se recuperar.
Tais produtos são indicados para pessoas com alto índice de cárie dentária, doenças gengivais e/ou periodontais em estágios avançados e após cirurgias orais.
Segundo pesquisas, há evidências suficientes para aceitar a ideia de que colutórios bucais com álcool contribuem para aumentar a taxa de câncer oral.

Há produtos que contem mais de 25% de álcool em sua composição. A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), obriga os fabricantes a informar na embalagem a presença de álcool em sua composição.

Pelo fato deste produto ser considerado cosmético, não há necessidade de registro na ANVISA,o que justificaria a ausência de controle sobre o mesmo. Cabe ao Dentista explicar ao cliente as indicações do uso destas substâncias e os malefícios que podem trazer pelo uso incorreto.


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.


ARTIGOS MAIS LIDOS


VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Comment on "→ Higiene Bucal: cuide bem do seu sorriso!"

  1. Dr. Wilson Correia Júnior

    Caro Francisco,

    Existe indicação para o seu uso contínuo ou é por conta própria?

    O uso de colutório é restrito a situações que apresentem indicações para o uso, como clientes que se submeteram a cirurgias orais,gengivites em grau avançados, alto índice de cárie, etc.

    O álcool em contato frequente com a mucosa oral impede que a mesma se regenere, em decorrência dos ataques constantes dos bochechos diários. Se você for ao dentista e for indicado o uso de colutórios, use sem alcool!

    O colutório auxilia na higiene oral, mas a escovação oral é , sem sombra de dúvida, a mais importante e eficaz arma contra a doença cárie.

    Moral da estória: Se NÃO for indicado, NÃO USE sem necessidade!

    Espero ter ajudado!

  2. Francisco Correia

    Obrigado pela informação, Dr.! Eu uso bastante o colutório e quero saber colutórios com álcool, sim ou não?

  3. Dr. Wilson Correia Júnior

    Caro Francisco,

    Como disse acima, a quantidade de álcool acima em altas concentrações pode influenciar no desenvolvimento de patologias cancerígenas! Estudos recentes mostram isso! O cancro apresenta fatores de risco, como o uso abusivo de álcool!

    Espero ter ajudado!

  4. Francisco Correia

    No outro dia umas colegas do trabalho contaram-me que havia no mercado alguns elixires bocais com uma alta concentração de álcool que podiam dar problemas de saúde até ao ponto de aumentar os riscos de provocar cancro da boca… Alguém sabe mais sobre o assunto?

  5. Júnior

    tem gente que diz que é bom usar agua oxigenada volume 10 é verdade?

  6. Dr. Wilson Correia Júnior

    Prezado,

    É sim, mas diluída, e somente com indicações e não para uso rotineiro!

  7. Fabricia Santos

    Existe um caso de uma criança, que o tartaro surge e 3 em 3 meses, e ela é obrigada a ir ao dentista quase sempre, qual a causa desse surgimento. Deixando claro, que ela tem uma escovação adequada!

  8. Dr. Wilson Correia Júnior

    Prezada,

    É importante identificar a causa antes de dar alguma ideia. Já levou em algum dentista?

    No aguardo.

  9. Bruno

    E de quanto em quanto tempo se pode usar os enxaguantes sem álcool? Eu uso uma vez por dia antes de dormir. É o correto?

  10. Dr. Wilson Correia Júnior

    Prezado(a) paciente,

    O blog passou por problemas na plataforma bem como na atualização das postagens e comentários. Por esse motivo, passei algum tempo sem responder as dúvidas. Desde já peço desculpas pela ausência. As dúvidas serão respondidas, mesmo que se tenha passado um bom tempo.

    Existem indicações para o uso destas medicações. Se você fizer a higiene corretamente, não há necessidade do seu uso!

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
error: Proibida a cópia sem autorização