implantes dentários

→ Implantes dentários: tudo o que você precisa saber.

Próteses dentárias totais ou parciais podem ser desconfortáveis para algumas pessoas, e dependendo da quantidade óssea, fica inviável a sua colocação. Hoje, como alternativa às próteses convencionais, pode-se fazer uso dos implantes dentários, que já é uma realidade para muitas pessoas.

Várias são as modalidades de usos dos implantes dentários. Neste post, falaremos de maneira geral o que são os implantes dentários. Outros posts complementarão o assunto para que a leitura não fique muito cansativa.

1 – O que são Implantes dentários?

Há muito tempo, sempre se sonhou com meio de repor os dentes perdidos. Por mais que as técnicas de prótese dentária estejam cada vez mais avançadas, nada substitui os dentes naturais. Além disso, a prática de atendimento através do charlatanismo contribuiu ainda mais para o mercado errôneo de reabilitação oral.

Por mais que se pense que esta tecnologia é nova, ela já foi desenvolvida há muito tempo, para ser mais preciso, desde o ano de 1950, contudo entrando forte no mercado após alguns anos. Mas o que são os implantes dentários?

→ Implantes dentários: tudo o que você precisa saber.Os implantes dentário consistem em pinos metálicos (normalmente de titânio), no qual é colocado em uma loja óssea preparada, com objetivo de dar apoio à prótese que virá posteriormente. Pode ser utilizado para repor um ou mais dentes, ou dar apoio a uma prótese total ou parcial por ex. Tudo isso será explicado mais tarde. É preciso deixar claro as etapas, pois muitos não sabem que os implantes dentários consistem em duas partes:

A – O implante dentário propriamente dito, que é a estrutura metálica que será colocada no osso;

B – E a prótese sobre implante, que será a estrutura representará os dentes perdidos.

Espaços edêntulos (sem dentes) podem ser substituídos por diversos dispositivos. Alguns deles já foram explicados em nos 3 primeiros posts sobre reabilitação oral. Os implantes dentários tornam-se uma alternativa ideal para repor este espaço livre, com grande sucesso na maioria esmagadora dos casos.

→ Implantes dentários: tudo o que você precisa saber.
Apesar de ser somente difundido como “recuperador de dentes”, há outros implantes dentários que realizam funções completamente diferentes destes implantes dentários discutidos neste post. Um exemplo disso são os mini implantes (foto), muito utilizados em ortodontia, que tem função de ancoragem óssea. Falaremos de mini implantes em outra ocasião.

2 – Como são colocados os implantes dentários?

Ao contrário do que muita gente pensa, há necessidade de todo um estudo antes da colocação dos implantes dentários. Alguns aspectos são analisados:

→ Implantes dentários: tudo o que você precisa saber.→ Implantes dentários: tudo o que você precisa saber.A – Saúde geral e bucal do indivíduo: é realizada através de anamnese e exames laboratoriais (hemograma, coagulograma, glicemia, etc.), com intuito de obter informações sobre o estado de saúde, e , caso necessários, precauções podem ser tomadas.

Doenças preexistentes, como a diabetes, podem influenciar no resultado final, caso não haja um controle da patologia. Por isso, tais exames e anamnese são fundamentais para o sucesso do tratamento. O tabagismo também influencia negativamente no resultado, não somente nos implantes dentários, mas em qualquer tratamento realizado na cavidade oral;

B – Quantidade de dentes perdidos: a partir de uma avaliação bucal, identificam-se os dentes que serão repostos;

→ Implantes dentários: tudo o que você precisa saber.C – Quantidade óssea remanescente no local edêntulo: um dos pontos mais importantes da colocação dos implantes dentários, pois é neste osso que os implantes dentários ficarão alojados.

Toda uma análise é feita no osso remanescente, a fim de identificar com precisão a quantidade que existe e se há necessidade de complementação com enxerto ósseo, que consiste na colocação de osso no local aonde será colocado o implante dentário, com o objetivo de criar um suporte ósseo, garantindo o sucesso do tratamento.

→ Implantes dentários: tudo o que você precisa saber.Após a etapa pré operatória, os implante dentários podem ser colocados , desde que as etapas anteriores estejam dentro dos padrões de normalidade ou pelo menos controladas. O implantes dentários podem ser colocado no consultório (anestesia local) ou em ambiente hospitalar.

A decisão do local resulta de um consenso dentista-cliente, no qual o custo benefício é analisado ou quando diante de outras situações que justifiquem a realização da cirurgia no hospital, como por exemplo grande quantidade de implantes dentários que serão colocados ou patologias que necessitem de um cuidado especial.

O local aonde o implante dentário será colocado é preparado com auxílio de brocas e posteriormente é colocado na loja óssea preparada, na qual ficará retido por embricamento mecânico. Deve-se deixar claro que os materiais utilizados nos implantes dentários são biocompatíveis com os tecidos humanos.

Após colocados os implantes dentários, é esperado um período de 4 a 6 meses para a cicatrização do local operado, que após a cirurgia, é protegido de forças mastigatórias. Esperado este período, começa o preparo da estrutura protética que se conectará aos implantes dentários. Neste período e 4 a 6 meses, o cliente fica com uma prótese provisória

3 – Como é o pós operatório dos implantes dentários?

Na maioria dos casos, trata-se de um pós operatório tranquilo. Pode ocorrer inchaço no local operado e um pouco de desconforto, sendo ambos controlados por medicações. Assim como toda qualquer cirurgia, esta requer todas as recomendações pós cirúrgicas, para minimizar os riscos de problemas.

4 – A cirurgia dos implantes dentários é segura? Qual o percentual de sucesso?

 

→ Implantes dentários: tudo o que você precisa saber.

 

 

 

 

 

Toda cirurgia tem riscos, porém todo um estudo é realizado no pré operatório justamente para minimizar os riscos e aumentar o sucesso dos implantes dentários, que ultrapassam os 95%. Nos casos de fracasso, deve-se conhecer o motivo e estudar a possibilidade de recolocação dos implantes dentários.

5 – Quanto custam os Implantes dentários? Qual o preço?

A justificativa de muitas pessoas para não procurar por implantes dentários é o custo. Apesar der “parecer” um custo elevado, quando comparado a outras técnicas de reabilitação oral, os implantes dentários estão mais acessíveis do que antigamente.

O número de especialistas aumentou, o que naturalmente faz com que haja uma queda nos preços. Além disso, hoje há uma maior facilidade de pagamentos, inclusive com financiamentos ligados aos bancos.

Menciono sempre um caso de uma cliente que perdeu um dente e veio me questionar qual seria a melhor solução.

Se imagine usando uma prótese removível, tendo a necessidade de adaptação, ajustes, higiene, dificuldades de fonação, etc., para repor um dente. Valeria a pena economizar algum dinheiro? Não valeria a pena investir em algo que terá uma duração praticamente eterna?

6 – Como se dá a higiene oral dos implantes dentários?

Apesar do mito de achar que a higiene de implantes é diferente, ela não muda nada quando comparados aos dentes comuns. A escovação dental frequente e o uso do fio dental são fundamentais para o sucesso do tratamento.

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
error: Proibida a cópia sem autorização