Mau hálito causas

→ Mau Hálito: principais causas | como ter um hálito fresco

→ Mau Hálito: principais causas | como ter um hálito fresco
5 (100%) 5 votes

De fato, existem muitas causas para o mau hálito. Segundo pesquisas, há mais de 50 causas para  Halitose (mau hálito), nas quais mais de 90% têm origem na boca.

Se você não escova os dentes e  não usa fio dental todos os dias, os restos de comida ficarão dentro de sua boca que, por sua vez, servirão literalmente de alimento para bactérias, o que pode causar o mau hálito.

A comida que fica retida entre os dentes, ao redor da língua e ao redor das gengivas também pode apodrecer e também ser consumida pelas bactérias, provocando um odor desconfortável.

A ingestão de determinados alimentos é outro fator causador do mau hálito. Alimentos como o alho e cebolas (que possuem alto teor de enxofre) quando metabolizados pelo organismo, causam mau hálito.

Isso ocorre porque, após a metabolização destes alimentos, os gases formados são jogados na corrente sanguínea, que levará aos pulmões e, em seguida, serão expelidos pela boca através da respiração.

Quando já existe uma causa presente do mau hálito, como a gengivite (gengiva inflamada), A escovação dos dentes, o uso do fio dental e até o enxaguante bucal só vão mascarar o odor temporariamente. O mesmo ocorre com balas e chicletes. São vão esconder o problema por alguns minutos.

Ocorre algo parecido com a dieta de alimentos ricos em proteínas, gordura e enxofre.  Os odores continuam antes que o corpo elimine as refeições. Ou seja, não vai adiantar muito ter uma boa higiene bucal se a causa da halitose vem dos alimentos ingeridos nas refeições

O mau hálito também pode ser causado pela xerostomia (diminuição do fluxo salivar). A saliva limpa a área da boca e remove partículas e bactérias que podem causar o mau cheiro na boca.

Há diversas causas para a Xerostomia, incluindo o uso de alguns medicamentos, problemas nas glândulas salivares ou respiração bucal.

Se você sofre com xerostomia, seu dentista pode prescrever uma saliva artificial ou sugerir o uso de chocolate sem açúcar e aumentar a ingestão de líquidos.

Cigarros e produtos de tabaco são outros motivos para mau hálito. Se você estiver usando tabaco, peça ajuda ao seu dentista ou médico para ajudá-lo a se livrar do vício.

O mau hálito também pode sinalizar um distúrbio clínico. Infecções locais no sistema respiratório, problemas crônicos dos seios nasais, gotejamento pós-nasal, bronquite crônica, diabetes, distúrbios gastrintestinais e problemas renais ou hepáticos podem causar mau hálito.

Se, na consulta odontológica, o dentista constatar que não há problema algum na boca que justifique o mau hálito, ele te encaminhará ao médico para, juntamente com ele, encontrar a causa da halitose.

Manter uma boa saúde bucal é importante para reduzir o mau hálito. Por isso, certifique-se de agendar visitas odontológicas regulares (a cada 6 meses) a fim de fazer a prevenção oral e tratar algum problema existente.

Escove os dentes pelo menos  três vezes por dia com pasta de dente com flúor para se livrar dos restos de comida na boca e combater a placa bacteriana E não se esqueça de escovar a língua também.

Caso perceba que está sentindo mau hálito constantemente ou alguém fale com você sobre este assunto, não pense duas vezes: procure o quanto antes o dentista para já iniciar o tratamento e ter um hálito fresco e saudável novamente.


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
error: Proibida a cópia sem autorização