remédio para dor de dente inflamado

→ Qual o melhor remédio para dor de dente inflamado?

Afinal de contas, qual o melhor remédio para dor de dente inflamado, Dr.? Estas é uma das perguntas que mais ouço no consultório e que recebo aqui no site.

Antes de mais nada, não existe um remédio para dor de dente específico que trate todas as dores, até mesmo porque a dor de dente apresenta diversas causas e, muitas vezes, uma simples obturação (restauração dentária) resolverá o problema.

A ideia deste artigo é que você saiba que nem sempre o remédio para dor de dente que seu vizinho ou que um atendente de farmácia passa é o ideal. Você pode não somente piorar a dor como por sua vida em risco.

Primeiramente, é importante saber qual dor de dente REALMENTE precisa de remédios. Veja abaixo algumas causas da dor de dente:

  • Cárie dentária: principal causa da dor de dente;
  • Trauma dental: alguma pancada no dente que pode causar até fratura da coroa dental;
  • Retração gengival: gengiva exposta, conhecida popularmente com o pé do dente, pode causar sensibilidade dentária a alimentos gelados ou quentes;
  • Problemas na gengiva: inflamações como a gengivite e periodontite podem causar dor de dente;
  • Nascimento dos sisos: a erupção dos sisos pode, de fato, causar dor no dente siso;
  • Dor de aparelho dentário: a movimentação dos dentes pode causar dores nos dentes durante o tratamento;
  • Dente furado ou dente estragado: tanto um quanto o outro podem causar dores de dente em decorrência de quadros de inflamação e infecção que podem se desenvolver.

Das causas acima, apenas o dente estragado ou dente furado podem necessitar de medicações para aliviar as dores de dente. As demais, apenas a atuação do dentista resolve. Vamos entender:

Dor de dente pela cárie dentária

A dor de dente originada por uma cárie dentária pode causar incômodos, como mostra abaixo:

  • Dor ao mastigar;
  • Dor com alimentos gelados ou frios;
  • Dor latejante e constante;
  • Dor intermitente (vai e volta).

dente furado molares

Primeiramente, é importante saber qual a profundidade da cárie dentária. A partir daí, pensa-se em receitar algum remédio para dor de dente.

Caso a cárie no dente não seja muito profunda, o dentista poderá remover o tecido cariado e fazer naquele momento mesmo a obturação do dente (restauração com resina ou amálgama). Em outras palavras: não será necessária nenhuma remédio para dor de dente.

Porém, Se o paciente mencionar que a dor de dente ocorre do nada, o dentista já começará a pensar em tratamento de canal do dente. Neste caso, medicações como antiinflamatórios e analgésicos podem ser receitadas.

Traumatismo dental (pancada no dente)

Mais comum em crianças, o trauma dental pode, na verdade, desde causar apenas dores muito leves no dente até ter a necessidade de extração do dente envolvido.

A avaliação do dentista decidirá qual o caminho a percorrer no que diz respeito ao futuro do dente. Contudo, para aliviar a dor de dente traumatizado, analgésicos e antiinflamatórios podem e devem ser receitados.

Além disso, a crioterapia (colocar gelo no lugar da pancada no dente) ajuda bastante no alívio da dor. Evitar mastigar em cima deste dente por alguns dias também faz parte das instruções pós traumatismo dental.

Retração gengival (gengiva retraída que causa sensibilidade dentária)

A retração gengival ( gengiva retraída )  que consiste na movimentação irregular da gengiva, causando exposição da raiz do dente, pode ocorrer em qualquer idade, contudo, sendo mais comum em adultos e idosos.

A exposição da raiz do dente faz com que haja uma sensibilidade dentária, principalmente a alimentos gelados.

retração gengival cárie na raiz do dente

 

Neste caso, para aliviar a dor de dente pela retração gengival, pastas dentais para sensibilidade dentária podem ser usadas pelo paciente. Remédios não surtirão muito efeito.

Porém, o tratamento a base de pastas dentais será paliativo. O paciente terá que ir ao dentista para saber qual será o melhor tratamento para a retração gengival.

Por exemplo, o dentista poderá cobrir aquela raiz exposta com resina, protegendo novamente a raiz exposta, diminuindo drasticamente a sensibilidade e dor de dente.

Problemas gengivais (gengivite e periodontite)

Na sua sustentação, os dentes possuem tecidos de suporte, o que inclui a gengiva. Uma inflamação gengival, como a gengivite ou periodontite, pode ocasionar dor de dente.

Há casos nos quais a gengiva sangra bastante, podendo até sair pus. Dependendo do caso, antibióticos serão receitados pelo dentista, mas, o tratamento na causa, que é a remoção da placa bacteriana e do tártaro, deverá ser feito no consultório odontológico.

Nascimento dos sisos

Um momento que poucas pessoas esquecem na vida é o nascimento dos sisos. Os terceiros molares, mais conhecidos como sisos, dente queiros ou dentes do juízo, podem causar bastante incômodo na hora do seu surgimento.

dente siso inflamado

Durante o nascimento dos sisos, remédios para dor podem ser prescritos, ficando mais nos analgésicos e anti-inflamatórios.

Entretanto, há casos nos quais serão necessários o uso de antibióticos, como é o caso de uma infecção chamada pericoronarite (foto abaixo), que envolve a gengiva e o dente siso que está nascendo.

→ Qual o melhor remédio para dor de dente inflamado?

Dor de dente decorrente de aparelhos dentários

O uso de aparelhos dentários, principalmente no começo do tratamento, pode causar dores nos dentes por causa da força feita pelo aparelho dentário.

→ Qual o melhor remédio para dor de dente inflamado?

Porém, na maior parte dos casos, é uma dor bem suportável, isto é, no máximo, pode-se fazer uso de analgésicos. Anti-inflamatórios são contraindicados para se usar durante o tratamento ortodôntico, uma vez que eles podem influenciar negativamente na movimentação dos dentes.

Dor de dente furado ou dente podre

Dente furado é um termo popular que se refere ao dente cariado. Na maior parte dos casos, o dente furado requer tratamento simples com remoção da cárie dentária e colocação de uma restauração dentária (obturação).

dente furado causas

Já o dente estragado possui uma chance maior para tratamento de canal do dente ou até mesmo de se fazer a extração de dente.

Para o dente podre, as medicações variam entre anti-inflamatórios e antibióticos (quando há infecção no dente).

dente podre fotos 3

Então não é recomendado tomar nenhum remédio para dor de dente inflamado por conta própria?

Não. Perceba que, nos principais e mais comuns problemas de saúde bucal que mencionei acima, na maior parte das vezes não é necessário tomar remédios para dor de dente.

Primeiro porque o paciente não faz a menor ideia do que ele tem. O que é natural. Afinal, ele não é dentista!

Diante disso, ele toma o primeiro remédio para dor de dente que um amigo, parente ou até mesmo o balconista da farmácia indica.

Logo, há uma grande chance de tomar o remédio errado, o que o faria perder tempo, dinheiro, e ainda continuar com a dor de dente.

Toda semana atendo algum paciente que diz que está tomando um antibiótico para a dor no dente, quando na realidade está tomando um antibiótico. Logo, não ia surtir efeito algum, a não ser que a inflamação no local fosse causada por uma infecção.

Outro aspecto importante é que uma medicação que é boa para tratar uma determinada dor no corpo pode não ser boa para uma dor de dente.  Por exemplo, um paracetamol pode ser bem útil para uma dor de cabeça, mas não ajudaria em nada numa dor de dente aguda.

Outro aspecto importante é ter orientação do dentista na hora de comprar o remédio para dor de dente.

Algum bem comum quando o paciente compra o remédio por conta própria é tomar de forma errada. Por exemplo, ao invés de tomar um remédio a cada 12 horas, toma a cada 8 horas.

Já vi pacientes literalmente passarem mal porque tomaram um remédio para dor de dente com a dosagem errada. E o que diferencia um tratamento terapêutico (que trata o problema) de um remédio que mata é a dose. Nunca esqueça disso.

Lembro de uma paciente que tinha alergia a um determinado antibiótico e não sabia. Alguém disse que ela poderia tomar para tratar a dor de dente. O resultado disso foi que bateu no hospital às pressas.

É verdade que a dor de dente com canal para fazer não passa?

De certa forma, sim. Os remédios para dentes que precisam tratar o canal aliviam a dor por apenas algumas horas, podendo inclusive até voltar mais forte.

No consultório, o dentista removerá o nervo do dente e colocará um curativo dentro do dente. Aí sim a dor aliviará. Porém, se não for feito isso, o paciente vai gastar rios de dinheiro com medicações e a dor de dente não vai passar.

Há remédio caseiro para dor de dente?

Na internet, é possível encontrar diversas remédios caseiros para dor de dente. Veja abaixo alguns remédios caseiros que podem aliviar a dor de dente por terem ação analgésica e anti-inflamatória:

  • Óleo de cravo da índia;
  • Chá verde;
  • Chá de macela e própolis;
  • Pimenta;
  • Gengibre;
  • Chá de erva-cidreira

Porém, deixo claro que não há base científica alguma nisso, isto é, remédios caseiros para a dor de dente não foram testados cientificamente.

Por exemplo, há pessoas que orientam bochechos com água quente e sal. Mas, há determinadas pulpites (inflamação no nervo do dente) nas quais a água quente vai PIORAR a dor dente.

Logo, é importante fazer a coisa certa! Antes de tentar qualquer receia caseira para tratar dor de dente, converse com seu dentista!

Como evitar ou curar a dor de dente?

Para evitar uma dor de dente é bem simples: basta ter uma boa higiene bucal (escovar os dentes e usar fio dental) e visitar o dentista a cada 6 meses.

Já para curar a dor de dente, é MUITO recomendando que vá ao dentista para identificar a real causa do problema e receitar (caso haja necessidade) o melhor remédio para seu caso.


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
Dr. Wilson Correia
error: Proibida a cópia sem autorização