→  Mitos e verdades sobre a extração dos sisos

→ Mitos e verdades sobre a extração dos sisos

Diversos são os mitos sobre a extração dos sisos (terceiros molares). Outros até são tão absurdos que espantam diversos pacientes de cirurgias.

Lembro de um paciente que deixou de fazer a cirurgia de extração dos sisos porque leu na internet informações que não eram compatíveis com a realidade.

Extrair os sisos realmente pode causar pânico em diversos pacientes. Há muitas, digamos, fantasias em relação a esta extração dentária que inclusive, terminam por atrapalhar o dentista. Diante disso, decidi criar um artigo só sobre dúvidas em relação à extração dos sisos.

Nomes populares:

  • Dente do juízo;
  • Dente queiro;
  • Queixar.

Mitos e verdades sobre a extração dos sisos pelo dentista

Todo mundo sente dor quando o siso nasce

Parcialmente verdade. A maioria das pessoas relata dor, que varia entre leve a moderada, durante o nascimento dos sisos.

Isso ocorre porque, na erupção do siso, ocorre a ruptura (rasgamento) da gengiva,o que pode causar bastante incômodo, podendo causar deste uma leve inflamação no local até uma infecção (falaremos mais adiante).

A dor também poderá se estender para as regiões vizinhas, originando dor de cabeça, dor no pescoço e até dor de ouvido. Lembro que é necessária uma investigação para descartar outras causas das dores mencionadas acima.

Após o nascimento, outros motivos para associar o  dente do siso à dor são: compressão do nervo mandibular, presença de cistos ou tumores, cárie dentária e reabsorção da raiz do dente vizinho. Assim que começar a sentir dor durante ou após a erupção dos sisos, é importante procurar um dentista para realizar uma investigação oral.

Não se faz tratamento de canal no dente siso

Mito. Qualquer dente na cavidade bucal, incluindo até os dentes de leite, podem ser submetidos a tratamento de canal do dente, desde que haja indicação. Muitas vezes o tratamento de canal do siso não é realizado porque há indicações para a extração dentária. Mas cada caso deverá ser analisado pelo dentista.

Vou sentir dor na hora de extrair meus sisos

Parcialmente verdade. É bastante comum o paciente confundir a dor com a pressão que ele sentirá na hora de extrair os sisos, uma vez há uma movimentação realizada pelo dentista na hora de tirar o dente. Todo procedimento é feito sob anestesia local.
 
Inclusive há anestésicos locais mais potentes justamente para que o paciente não sinta nenhum incômodo na hora de extrair os siso.
 
Do outro lado, o paciente poderá sentir algum incômodo durante a cirurgia de remoção dos sisos, podendo ser rapidamente resolvido pelo reforço da anestesia no local. Vale salientar que, dependendo da posição dos sisos, a cirurgia poderá ser realizada sob anestesia geral em um ambiente hospitalar.
 

Quanto mais cedo remover os sisos, melhor

 

Verdade. É bem interessante remover os sisos antes dos 30 anos de idade, isso com a raiz já formada. Quando ele está em formação (entre 15 e 8 anos), caso a radiografia já sugira que ele estará impactado, recomenda-se a extração do dente, uma vez que só há a coroa formada sem a raiz (foto abaixo). Resumindo, não é preciso esperar os sisos nascerem para extraí-los.
 
sisos radiografia panoramica

Todo mundo tem os dentes do siso

Mito. Há pessoas que não apresentam o germe dentário dos sisos, o que fatalmente causaria sua ausência na cavidade oral. O mais comum é que a pessoa não tenha alguns dos sisos e não todos.

Todo mundo precisa extrair os dentes do siso

Mito. Há indicações para a extração dos sisos e nem todas as pessoas apresentam um motivo real para remoção cirúrgica destes dentes pelo dentista. Veja abaixo algumas indicações:

  • Dificuldade de higienização da área: a dificuldade de realizar a higiene bucal nestes dentes pode facilitar o desenvolvimento da cárie dentária nos sisos ou até mesmo problemas nos tecidos gengivais ao redor;
  • Dores constantes cujas outras causas foram descartadas: o paciente pode relatar dores na região do terceiro molar que pode irradiar para regiões vizinhas, como o ouvido, cabeça e pescoço. Logo, a remoção dos sisos pode ajudar no desaparecimento dos sintomas, desde que eles sejam considerados como a causa;
  • Desalinhamento dentário provocado pelos sisos: a falta de espaço nos arcos dentários pode dificultar a erupção dos sisos, que tenderão a literalmente empurrar os dentes vizinhos. Por isso que muitos ortodontistas (dentistas que colocam aparelhos dentários) recomendam a extração antes de finalizar o tratamento ortodôntico;
  • Presença de lesões no local (cistos ou tumores): sisos que estão envolvidos em lesões como cistos dentários ou tumores devem ser removidos;
  • Dentes inclusos ou impactados que não nascerão mais: dentes impactados (foto abaixo) não trazem benefício algum, sendo sugerida a extração para evitar problemas futuros.

 

 

Ouvir falar de pessoas que ficaram com partes do rosto dormente, como lábios e queixos.

Verdade. Durante a extração dos sisos, pode ocorrer alguma lesão nos nervos que inervam os dentes sisos e vizinhos, resultando em quadro chamado parestesia.

O paciente pode relatar sintomas como dormência, coceira ou pequenos choques em determinadas áreas do rosto, como o lábio ou queixo. Este tipo de lesão também pode ocorrer no nervo lingual, deixando a língua dormente.

Este tipo de problema, em geral, tende a diminuir com o passar do tempo, podendo durar semanas ou meses, dependendo da lesão nervosa. É importante salientar que, na maioria esmagadora dos casos, este tipo de situação consiste em um acidente cirúrgico que, infelizmente, pode ocorrer.

O pós operatório é dolorido e meu rosto vai inchar bastante

Parcialmente verdade. Alguns aspectos tendem a trazer ao paciente um conforto melhor no pós operatório, como medicações pré operatórias (corticóides, por exemplo), habilidade do dentista, rapidez na cirurgia e complexidade do caso.

O inchaço vai existir na maioria esmagadora dos casos. O que não é comum é ter um inchaço com dor. Claro que se a área for manipulada vai doer. Aqui entenda aquela dor que dói do nada. Outro aspecto que não é comum é o aparecimento de febre, que pode sugerir uma infecção. Neste caso, é fundamental entrar em contato com o dentista que realizou a extração dos sisos.

A extração do siso demora muito

Mito: o tempo de cirurgia dependerá da habilidade do dentista e da complexidade do caso. Já vi cirurgias de extração de um siso durarem 10 minutos. O tempo médio varia entre 30 a 45 minutos.

Se tirar um siso, terei que tirar o outro

Verdade. A ausência de função fará com que o dente o oposto continue erupcionando. Já vi caso que o dentes erupcionou tanto que o paciente literalmente começou a mastigar a gengiva. Por exemplo, a radiografia abaixo já mostra que o siso superior está descendo. Logo, ele vai começar a mastigar os tecidos gengivais da região inferior.

Por exemplo, se eu tirei o siso superior do lado esquerdo, recomenda-se que eu tire o siso inferior do mesmo lado. Isso sem falar que ele perde a função mastigatória. Afinal, é preciso ter o dente antagonista para realizar  a mastigação, concordas?

Posso ter uma infecção durante o nascimento dos sisos

Verdade. Durante o nascimento, há um espaço entre a gengiva e o siso no qual alimentos podem entrar, ficando bastante complicada a remoção. Associado a isso, a mastigação em cima desta região causará um trauma constante, podendo gerar um quadro inflamatório e/ou infeccioso chamado pericoronarite.

Tal problema requer tratamento à base de antibióticos e anti inflamatórios. Após o tratamento da pericoronarite, o dentista estudará se irá remover ou não o siso envolvido.

Resultado de imagem para pericoronarite

O siso pode prejudicar o dente da frente

Verdade. Basta imaginar como é o processo de queda dos dentes de leite, como mostra a foto abaixo. À medida que os dentes permanentes irão erupcionando, eles reabsorvem as raízes dos dentes de leite, que ficam moles e caem.

Resultado de imagem para dente de leite radiografia

Tal processo pode ocorrer no dente permanente vizinho. A diferença é que o dente vizinho não irá cair, mas sim ter a necessidade de realizar o tratamento de canal no dente envolvido.

Resultado de imagem para pericoronarite


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

[email protected]
error: Proibida a cópia sem autorização