→ Saburra Lingual (língua branca): como tratar?

Os problemas de saúde bucal podem ir além das questões funcionais e estéticas. Determinadas situações podem criar verdadeiras barreiras no que diz respeito ao convívio pessoal. Uma delas é a halitose (mau hálito), que pode ter como causa a saburra lingual (língua branca).
 
Já discutimos aqui o significado de halitose (mau hálito) bem como suas causas e tratamentos. Caso não tenha lido, clique aqui e fique por dentro do assunto.

Uma das causas da halitose (mau hálito) é a saburra lingual, também conhecida como língua branca, que nada mais é do que uma placa bacteriana localizada no dorso da língua (foto abaixo), que resulta na formação de odores desagradáveis.

Língua branca causas

Esta placa é formada quando há uma descamação excessiva do epitélio dos tecidos orais e restos alimentares, com influência da diminuição do fluxo salivar. 

Para evitar que haja formação da saburra lingual (língua branca),  a higiene da língua pode ser realizada de diversas maneiras.

No mercado, há vários tipos de raspadores linguais (foto abaixo) e escovas adaptadas para a limpeza e remoção da saburra lingual.

A dificuldade em realizar a higiene da língua esbarra na falta de hábito em realizar o procedimento e na ânsia de vômito que o material utilizado pode proporcionar.

raspador de língua saburra lingual

Algumas condições, como por exemplo pacientes submetidos à radioterapia, sofrem diminuição no fluxo salivar, o que propicia a formação da saburra lingual.  A alteração da composição da saliva é um importante fator para a formação da saburra lingual.

Uma saliva com uma característica mais viscosa apresenta um aumento de mucina (proteína salivar) facilitando a aderência de células epiteliais descamadas na língua, dando origem à língua branca.

Há vários fatores que possibilitam a descamação excessiva do dorso da língua, dentre eles o uso de enxaguante bucal com álcool.

O tratamento varia de acordo com a provável causa, todavia leva-se um tempo para ver os resultados. Só que como é um problema que tem comprometimentos psicológicos consideráveis, é necessário uma resolução a curto prazo. No caso, a higiene da língua.

O ideal é um material que promova o máximo de limpeza da saburra lingual bem como cause o mínimo de desconforto. Deve-se evitar raspadores ou escovas muito grandes, justamente por causar com maior facilidade a ânsia de vômito.


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus amigos!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço!

Wilson Correia Jr.

Conheça o nosso programa de combate ao mau hálito. Clique na imagem abaixo e saiba MAIS.

→ Mau hálito: causas e tratamento. O guia definitivo para acabar com este problema

 → Mau hálito: causas e tratamento. O guia definitivo para acabar com este problema
 
 
 

Comment on "→ Saburra Lingual (língua branca): como tratar?"

  1. Anônimo

    Olá Dr. Wilson, tenho pesquisado muito no google. Percebi a atenção com que responde os comentários e resolvi tirar algumas dúvidas.

    Desde outubro do ano passado comecei a sentir muita sensibilidade nos dentes, como comecei na mesma época com um problema de refluxo a sensibilidade foi relacionada ao desgaste do esmalte do dentes por causa do ácido estomacal, fiz um plano odontológico e consegui começar o tratamento no mês passado, a dentista não me informou o que faria em cada dente e a primeira sessão depois da consulta de avaliação foi de limpeza, fiz tartarectomia e já estava com uma dor difusa nos dentes inferiores, pois bem dois dias depois do procedimento fui acometida por uma dor INSUPORTÁVEL que culminou em um atendimento de emergência à 01 da madrugada desta segunda, a dentista disse que aparentemente não tinha chegado ainda á polpa e que poderíamos fazer uma tentativa de fazer somente um curativo e ver se eu ia sentir dor, então seria caso de canal. Hoje é quinta-feira e precisei ir de novo à emergência por causa da dor enlouquecedora, não me alimento direito desde a semana passada, a dor só melhora com água gelada, tomei Tylex, Nimesulida e Amoxicilina. No tratamento de hoje foi feito um acesso para o canal e retirada de parte da polpa. Tenho a consulta marcada para realização do canal na próxima quinta, ainda estou sobe efeito da anestesia, mas estou morrendo de medo de voltar a sentir dor e não poder fazer nada até lá. O Tylex foi suspendido, pois já cumpri o prazo, permanece a Nimesulida por mais 3 dias e a Amoxicilina por mais quatro. O tratamento que estou seguindo é o correto? Fui atendida por três profissionais diferentes, a primeira não diagnosticou o canal e só faz as restaurações, a segunda da emergência fez RX, curativo e indicou canal, o terceiro de hoje, fez acesso e retirou parte da polpa e vou ser atendida por uma quarta para o tratamento. Por isso estou com dúvidas, qual a sua opinião? Há algo que eu deva fazer além do que estou fazendo? Eu sofro de bruxismo também e alguns dentes estão fraturados. Estou apavorada pois é a primeira vez que tenho esses problemas, só tinha feito algumas restaurações sem anestesia antes disso e tinha uma higiene ótima, com escovações três vezes, fio, creme dental e enxaguatório Sensodyne. O que fiz de errado? Por favor me oriente. Muitíssimo obirgada. Liliam

  2. Dr. Wilson Correia Júnior

    Prezada,

    Vamos por partes:

    1 – O problema de refluxo gastroesofágico constante pode realmente provocar desgastes dentários, que pode findar em sensibilidade dentinária, mas não há ponto de necessitar de tratamento de canal;

    2 – A conduta do profissional oscila entre conservadora e radical. No seu caso, em primeiro lugar foi tentando a conduta conservadora (que é o correto). Como não houve sucesso, partiu-se para o tratamento de canal;

    3 – A questão do que vocÊ "fez de errado" fica inviável dizer visto que não sei o seu histórico odontológico. Geralmente isso ocorre quando o cliente passa muito tempo sem ir ao dentista;

    4 – Como já foi diagnosticado o dente comprometido, acredito que o problema tenha solucionado. Sim, qual foi o dente que foi tratado?

    Boa sorte no tratamento.

Leave comment

Rua João Fernandes Vieira, 547, sala 305

Boa Vista, Recife/PE

(81) 30627303

Agende sua consulta

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Fale Conosco

fale[email protected]
error: Proibida a cópia sem autorização